CONFIRA 10 DICAS PARA LIMPAR A CASA E ECONOMIZAR áGUA


Imagem
Práticas de limpeza sustentável usam menos produtos e ainda ajudam a diminuir a conta de água e luz no final do mês

Faxina dá um trabalho e tanto, ainda mais quando deixamos tudo para a última hora. Uma boa saída para as pessoas muito atarefadas é limpar pelo menos um cômodo por vez, o que pode durar em média 30 minutos por dia. Mesmo assim é bom ficar atento à quantidade de água e produtos de limpeza. Veja como é possível combinar higiene e economia na hora de organizar a casa:

1ª – Escolha sempre limpadores multiuso que podem ser usados em vários cômodos. Não é preciso ter um tipo de produto para cada espaço da casa;

2ª – Leia sempre o rótulo dos produtos químicos, a maioria deles pode ser diluído em água e render bem mais. Assim você poupa água e o seu bolso;

3ª – Limpe o sapato ou tire-o antes de entrar em casa. Assim é possível evitar que a sujeira da sola se espalhe pelo chão;

4ª – Varra bem, aspire, passe um pano seco e só depois utilize o limpador de piso. Dessa forma você usa menos produto;

5ª – Reutilize camisetas e meias velhas ou rasgadas para fazer a faxina. O algodão é um grande aliado na absorção do excesso de água que fica no chão;

6ª – Coloque as roupas em um cabide e deixe secar no varal sob a luz do Sol. A prática economiza energia elétrica, pois você não precisa usar o ferro de passar;

7ª – Aproveite a água do enxágue da máquina de lavar roupa para lavar o quintal. Esta água geralmente já contém sabão. Assim é fácil economizar água e produto de limpeza;

8ª – Use sabão de coco em vez de detergente, é mais barato e tira bem a gordura da louça;

9ª – Junte todas as louças sujas do dia em uma bacia com água. A noite é só esfregar rápido, pois a sujeira já amoleceu. Depois é só enxaguar. Assim você não deixa a torneira aberta por muito tempo e ainda economiza detergente.

10ª – Caso manche uma roupa, procure limpar logo. Se demorar muito terá que usar mais alvejante, detergente e água para limpar, pois a sujeira fica mais difícil de sair.


http://www.pensamentoverde.com.br