Poder Judiciário - Página inicial.
Notícias
Des. Marco André: pró x contra sessão virtual no julgamento de ações judiciais
18/11/2015 - 13:39
Esta notícia foi acessada 896 vezes.


Nesta quinta-feira, dia 19 de novembro, o Tribunal de Justiça, por meio do Conselho de Supervisão dos Juizados Especiais de Mato Grosso do Sul, fará realizar sessão de julgamento da 2ª Turma Recursal Mista dos Juizados Especiais por meio de videoconferência, forma pioneira no Estado.

Essa iniciativa atende recomendação do CNJ – Conselho Nacional de Justiça e tem como objetivo conferir maior rapidez no julgamento em grau recursal, permitindo que os magistrados que compõem a sessão de julgamento se conectem ao terminal de videoconferência em seus gabinetes, podendo ao término da sessão virtual, retomar seus afazeres em suas Varas respectivas, resultando em economia de tempo e recursos materiais.

O Desembargador Marco André, Presidente do Conselho de Supervisão, entende que este é o caminho do futuro; porém, ressalvou ser adepto às sessões presenciais, visto que, além de serem a expressão máxima da atividade judicial, conferem transparência e contato pessoal entre o magistrado, partes e advogados. 

Acentuou o Presidente do Conselho Supervisor que as audiências e sessões constituem um ato solene, que caracterizam a exteriorização da importância do Poder Judiciário para o funcionamento do Estado de Direito.
  
Com isso, a preocupação do Desembargador Presidente do Conselho de Supervisão dos Juizados é que se concilie a pretensão de aumento de quantitativo e celeridade nos julgamentos, com a qualidade, e que não se perca a mágica e a significância dos julgamentos colegiados presenciais, que já fazem parte da cultura social. 



Voltar
Seu nome:
Seu email:
Email dos amigos
(no máximo 10 emails separados por vírgulas):
Mensagem:

Processando...
Copyright © 2013 TJ-MS - Av. Mato Grosso - Bloco 13 - Fone: (67) 3314-1300 - Parque dos Poderes - 79031-902 - Campo Grande - MS
Fórum de Campo Grande - Fone: (67) 3317-3300 / CIJUS - Centro Integrado de Justiça - Fone: (67) 3317-8600
Horário de Expediente: 12h às 19h.