Poder Judiciário - Página inicial.
Notícias
Cijus atende mais de 4 mil cidadãos nos dois primeiros meses do ano
03/03/2017 - 16:48
Esta notícia foi acessada 926 vezes.


Desde que foi inaugurado no dia 8 de dezembro do ano passado, o Cijus já atendeu 4.346 cidadãos que procuraram os serviços do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. Localizado estrategicamente no centro de Campo Grande, o Centro Integrado de Justiça é um prédio moderno que proporciona conforto e agilidade para a população e para os profissionais que ali atuam.

A estatística de atendimentos refere-se aos meses de janeiro e fevereiro, quando todos as audiências das Varas dos Juizados Especiais começaram a ser realizadas no Cijus. Outros serviços já estavam em funcionamento, como o da Atermação, local em que o cidadão pode propor demandas sem a necessidade de um advogado ou defensor público. Desde o início do ano até fevereiro foram ajuizadas 761 ações, sendo 196 criminais e 565 cíveis. Todos os dias há audiências de conciliação e Instrução e Julgamento. Das audiências previstas para o início de 2017 foram 223 de instrução e julgamento e 2.760 audiências de conciliação.

O prédio do Cijus é espaçoso e possui 21 salas apenas para conciliações e mediações e mais 14 salas para audiências de Instrução e Julgamento, onde os juízes, conciliadores e mediadores têm melhores condições de trabalho para atender os jurisdicionados.

Para a advogada Cristina de Souza Arantes, o prédio do Cijus melhorou muito a vida do advogado e também das partes que buscam a solução de suas causas com maior agilidade e sem burocratizar a resolução de seus problemas. “Amplo para a população e a capacidade do prédio é adequada ao atendimento do público em sua integralidade. O local conta com ambiente próprio e funcionários prontos a atender, assim, vejo que foi um grande avanço a nova instalação tanto para atender a população, pois fica mais próximo do centro, um local de fácil acesso e ambiente adequado a tal fim. Sempre que preciso de atendimento ou despacho de processos os assessores estão sempre prontos a atender e a solucionar a situação exposta”.

Vale lembrar também que para entrar com uma ação de até 20 salários-mínimos a pessoa não precisa de advogado, basta levar os documentos pessoais e os documentos que comprovem o seu direito. Foi o que fez o senhor Gilberto Moura da Silva, que procurou a justiça para tirar algumas dúvidas e saiu satisfeito. “Aproveitei o horário de almoço e fui muito bem atendido, sem contar que o prédio é localizado na área central, facilitando o acesso”.

Além desses atendimentos, o Cijus conta também com um cartório eleitoral onde o cidadão pode emitir o seu título de eleitor, bem como verificar suas pendências perante a justiça eleitoral.

O juiz diretor dos Juizados Especiais de Campo Grande, Emerson Cafure, ressalta que “o investimento já se justifica em razão dos serviços que estão sendo prestados, melhorando não só o ambiente de trabalho dos seus servidores, mas possibilitando o fácil acesso da população aos serviços prestados. Além disso, seguindo a política do TJMS, o Cijus também adotará medidas de contenção de despesas”.



Autor da notícia: Secretaria de Comunicação - imprensa@tjms.jus.br


Voltar
Seu nome:
Seu email:
Email dos amigos
(no máximo 10 emails separados por vírgulas):
Mensagem:

Processando...
Copyright © 2013 TJ-MS - Av. Mato Grosso - Bloco 13 - Fone: (67) 3314-1300 - Parque dos Poderes - 79031-902 - Campo Grande - MS
Fórum de Campo Grande - Fone: (67) 3317-3300 / CIJUS - Centro Integrado de Justiça - Fone: (67) 3317-8600
Horário de Expediente: 12h às 19h.